ARTIGOS

 
Você chegou antes do combinado e quase não me encontra em casa. Era um sábado, eu estava em Comandatuba, uma ilha no sul da Bahia, participando de um evento da Vida Simples, e desembarquei em São Paulo à noitinha. Uma hora depois você deu sinais que ia chegar, com duas semanas de antecedência. Que susto! Mas tudo bem, já estávamos superpreparados para essa visita ilustre.
Isso aconteceu em julho do ano passado, e já se foram doze meses desde que você chegou e se instalou em meu coração com a determinação de um colonizador. E quer saber, eu não consigo mais imaginar a vida sem a tua presença. Onde você estava todo esse tempo? Já sei… você quis que eu e tua mãe tivéssemos um bom tempo só para nós, que que aproveitássemos muito bem a vida a dois, e que preparássemos com detalhes tua chegada. Pois nós cumprimos muito bem essas tarefas, acredite. Foram 15 anos de uma relação fantástica, e você veio para fazer parte dela. Bem-vindo ao time!
Desde que você chegou, nós já tivemos altos papos, sabia? Quando eu falo, você me olha com atenção, e depois responde, de seu jeito. Eu te conto as coisas práticas da vida, e você me explica as coisas do coração. Eu vou de razão e você vem de sensibilidade. Por exemplo, você me deixou claro, desde o começo, que o amor é o que de fato conta na vida. Tem razão, porque, sem ele, o resto não teria sentido.
E você é bom nisso. Quando eu levanto de manhã, vou ao seu quarto, você me olha e abre aquele sorriso só seu e levanta os bracinhos em minha direção, o tempo para, o universo interrompe as translações, os problemas não existem, tudo é perfeito e ganho a certeza que a vida vale a pena. Você é a mais eloquente das criaturas. Fala a língua dos anjos, sem sotaque.
Tem uma coisa que você não sabe, e nem está interessado em saber, mas eu sou um pai mais velho que a maioria dos pais de bebês, e até do pai que eu mesmo já fui antes. Sim, porque você tem um irmão e duas irmãs. Todos eles te adoram, ficam procurando coisinhas parecidas com eles, como o sorriso maroto, a cor dos olhos, o cabelo, o dedinho do pé. E tem mais uma coisa… eles já são grandes e já tem seus próprios filhinhos. Na verdade, filhinhas. Você nasceu já tio de três sobrinhas, e quando se encontram é aquela alegria. E se prepare, porque estão vindo mais três bebês na família ainda este ano. Uau!
Mas sabe o que eu acho? Que é vantagem ter um pai que já viveu bastante. É que experiência conta, e você vai se valer da minha. Quando a gente tem ao lado alguém que viveu intensamente, que nos ama muito, que não quer impor nada, mas que está sempre disponível, tem mais é que aproveitar. Vou te ensinar tudo o que sei, nos momentos certos. Sabe, a maioria das pessoas tem pouco pai por muito tempo. Você vai ter muito pai por menos tempo. É mais jogo, acredite.
 
Para começar, sabe o que eu percebi que é fundamental para se viver bem? Autonomia e significado. Autonomia significa cuidar da própria vida, decidir de acordo com sua cabeça e, claro, assumir responsabilidade por suas escolhas. Não tem nada melhor no mundo, acredite. Ser livre para escolher seus caminhos e viver de seu jeito. Só que isso, meu filho, é mais que uma escolha, é uma conquista. Autonomia é um valor que eu e tua mãe colocamos no topo da lista da tua educação. Você ainda é pequeno, mas já está recebendo estímulos.
Por exemplo, quando você, que está tentando caminhar, cai, e eu não corro para te levantar, não é maldade, viu? É que eu quero que você já vá aprendendo a levantar por conta própria. Só acudo se vejo que você não vai conseguir, que se meteu em uma encrenca, mas isso é raro. E eu noto que quando você levanta sozinho, fica mais feliz. Pessoas autônomas são mais felizes.
Significado é você ver sentido nas coisas que faz, que aprende, que cuida. Os verdadeiros porquês da vida, entende? Isso vai levar mais tempo para você aprender, mas não vai ser difícil. Eu quero muito que você encontre sentido na vida, que se dedique a tudo com convicção, com leveza e empenho. Só assim você vai amar tudo o que fizer, e vai fazer muito bem feito. Estou com você nessa também.
Logo logo você vai começar a frequentar um lugar muito legal chamado escola. Lá você vai ter muitos amiguinhos, e vai aprender a conviver, a brincar e trabalhar junto com eles, e, principalmente, vai ter acesso a muito conhecimento. Sim, uma escola é uma espécie de parque de diversões do cérebro, onde os brinquedos são ideias, histórias, ciências, números, línguas. É divertidíssimo aprender coisas novas. Lá se usa muito um objeto que a gente tem muito em casa também. Chama-se livro. De papel ou eletrônicos, os livros são importantes aliados. Você tem que ser amigo deles, pois eles nos abrem as portas do universo.
Mas tem umas coisas que a gente aprende em casa mesmo. Eu e tua mãe já falamos com você sobre alguns valores para que você seja um homem integro. E não só falamos. Tratamos de praticar, senão, você, que é muito esperto, vai fazer o que nós fazemos, e não o que dizemos para você fazer.
Estou me referindo a valores como respeito, cuidado, confiança, solidariedade, humildade, honestidade. No fundo, são eles que vão fazer de você um homem de bem. Depois vem tua relação com o conhecimento, a cultura, a arte, o esporte, e, mais tarde, um ofício, uma profissão. Algo que você vai fazer porque gosta e porque sabe. E o mundo vai ser grato e te retribuir. Eu sei, tem um longo caminho até que tudo se encaixe, mas a mais longa jornada começa com o primeiro passinho de bebê.
Você veio para o mundo em uma época fantástica e conturbada ao mesmo tempo. Este mundo moderno tem infinitas possibilidades, a tecnologia facilita nossa vida e potencializa nosso empenho. Por outro lado, existem tantas coisas erradas por aí, muita gente intolerante, arrogante, desonestidade de todos os tipos, violência e muitas injustiças. Já chegaram a me dizer que é maldade trazer gente nova para este mundo assim. Mas, pense bem. Se não vierem novas criaturas para mudar essa realidade, ela vai ser sempre assim, não é mesmo?
Não quero te passar nenhuma responsabilidade tão grande, mas acho que você tem chance de ser um dos que não vão aceitar as coisas erradas. Isso mesmo, seja um inconformado, crie, ouse, aja, trabalhe, engaje, transforme. E não se esqueça de viver apaixonado, ame muito, se jogue inteiro em tudo o que fizer, seja bom, curioso, sensível. Trate bem as pessoas e os bichinhos. Eles também são nossos irmãos.
Eu sei, você pode achar que é muita expectativa de pai em cima do filho, e talvez seja mesmo. Mas é isso que vai estimular você a ser a melhor criatura possível. E eu acho que você vai conseguir, porque até agora você tem sido maravilhoso. Quanto a mim, só quero que você tenha muito orgulho, e que você tenha como modelo o amor profundo que seu pai e sua mãe têm um pelo outro. E por você.
Parabéns por seu primeiro aniversário, meu filho, e obrigado por existir. Ah, sabe aquele encontro de Comandatuba? Você não vai acreditar… era um grupo de pessoas inteligentes e cultas, falando sobre o sentido da vida, o grande tema da filosofia. Pena que você não estava lá. Ia fazer todo mundo entender, com um simples sorriso…
 
Eugenio Mussak escreve para Vida Simples todos os meses, desde o primeiro número. E diz que nunca escreveu um texto com tanta felicidade.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Clique abaixo para acessar o conteúdo:
Olá, Erik

Estou feliz em ter você por perto.

Meu escritório oficial negocia todos os meus trabalhos, entrevistas e uso de imagem.

Para entrevistas, licenciamento de artigos ou outros tipos de consultas e parcerias, entre em contato!

11.3661.2765


11.96308-3239

developed by Indigoway

EUGENIO MUSSAK © 2018. Todos os direitos reservados.